SEJA BEM VINDO

Desde 1998 oferecendo o melhor serviço de lavagem e manutenção de Big Bags em total harmonia com o meio ambiente

Comércio

Todos os Big Bags são lavados, revisados.
As Manutenções são efetuadas de acordo com as normas específicas

Serviços

Total harmonia com o meio ambiente, cumprindo com grande responsabilidade a legislação ambiental

Logística

Nosso grupo trabalha de acordo com a legislação brasileira, seguindo todas as regras e orientações.

Saiba mais sobre nossa Empresa

Meio Ambiente

Temos uma unidade de destruição de passivo ambiental (Moagem) de big bags licenciada

NOTÍCIAS

  • Padre fez live durante ataque a agências bancárias em Botucatu para pedir proteção: 'Acalmar corações'

    Bandidos explodiram uma das agências, incendiaram carros, trocaram tiros com a PM e fizeram moradores reféns durante a ação. Publicação do religioso teve mais de 18 mil visualizações nas redes sociais. Padre de Botucatu fez live durante ataque de quadrilha a agências bancárias Reprodução/TV Globo O padre Emerson Anizi, da catedral de Botucatu (SP), fez uma live nas redes sociais para pedir proteção aos moradores durante o ataque da quadrilha que explodiu uma agência bancária e aterrorizou a cidade na madrugada da última quinta-feira (30). Dois policiais ficaram levemente feridos e um homem morreu baleado. A ação criminosa foi destaque no Fantástico deste domingo (2). Veja como foi a ação da quadrilha que espalhou pânico em Botucatu (SP) Veja os vídeos do ataque que aterrorizou moradores em Botucatu Policiais se protegem atrás de veículo durante confronto com bandidos em Botucatu Reprodução A quadrilha começou o assalto por volta das 11h30. Durante mais de três horas os moradores ouviram barulho de explosões e troca de tiros. O padre Emerson Anizi começou o vídeo às 2h20, de maneira improvisada, e pediu para que Deus protegesse e acalmasse os moradores, que ficaram assustados com o tiroteio e os estragos. Muitos já tinham relatado nas redes sociais os momentos de terror com a ação dos bandidos. Vários vídeos mostravam criminosos armados, moradores feitos reféns e barulho de rajadas de tiros. Padre Emerson Anizi fez live para acalmar os moradores de Botucatu Reprodução/Facebook "Pedindo a tua presença diante de tudo aquilo que a nossa cidade de Botucatu está vivendo nesse momento. Pedimos a tua proteção a tantas famílias, a tua proteção a todos os nossos policiais, aqueles que foram feitos de reféns, para que sintam tua presença", reza o padre. Até este domingo (2), a publicação tinha 18 mil visualizações e mais de 2 mil comentários. A live durou cerca de 52 minutos e foi a maneira que o padre encontrou para levar um pouco de conforto às famílias, que ficaram acordadas acompanhando a ação dos criminosos na cidade. Moradores são empurrados por criminosos armados durante ataque a bancos em Botucatu Reprodução "Por que não abrir a rede social para levar esperança, conforto e tranquilidade para tantas famílias que entraram na rede social para acompanhar tudo o que estava acontecendo?", comentou o padre. "Que o Senhor possa, na sua infinita bondade e misericórdia, acalmar tantos e tantos corações, famílias que se encontram nervosas, com medo, dai a tua proteção." A atitude teve repercussão positiva entre os fiéis. "Maravilhosa atitude de acalmar nossos corações nesta hora difícil", comentou uma usuária. "Que todos tenham o conforto necessário para podermos dormir em paz", pediu outra. Ataque e investigação Criminosos atacaram pelo menos três agências na Rua Amando de Barros, no centro de Botucatu Arte G1 O ataque em Botucatu começou por volta das 23h30 e durou cerca de três horas. O crime causou pânico na cidade e pelo menos 40 homens teriam participado da ação. Os criminosos trocaram tiros com a polícia e incendiaram veículos, um deles em frente ao batalhão da PM, para atrapalhar a ação dos policiais. Outros cinco veículos foram incendiados em rodovias nos acessos a cidade. Terror em Botucatu: bandidos atacam agências bancárias e trocam tiros com a polícia Os bandidos também fizeram moradores reféns e roubaram uma joalheria. A dona da loja acompanhou a ação dos criminosos ao vivo pelo celular. A troca de tiros intensa foi ouvida de vários pontos da cidade e balas atingiram imóveis em uma das ruas usadas como rota de fuga do bando. Dois policiais ficaram feridos durante o confronto na madrugada, mas já receberam atendimento médico e passam bem. Imagens de circuito de segurança registraram o momento em que um deles é atingido por tiros. (Veja abaixo) Vídeo mostra momento em que policial é baleado por bando que atacou agências em Botucatu Pela manhã, em um novo tiroteio entre policiais e criminosos na Rodovia Marechal Rondon, um suspeito ficou ferido após ser baleado enquanto tentava fugir. Ele foi socorrido, mas chegou morto ao hospital. A família do suspeito alega que ele é inocente e não participava da quadrilha. Policiais do GOE (Grupo de Operações Especiais) e da Rota foram acionados e auxiliaram nas buscas. O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) foi acionado e um inquérito foi aberto para investigar a ação da quadrilha e tentar identificar os criminosos. A polícia não descarta a participação do grupo em outros crimes semelhantes ocorridos neste ano na região. Polícia encontrou parte do dinheiro roubado dentro de carro em Botucatu TV TEM/Reprodução Segundo o delegado seccional de Botucatu Lourenço Talamonte Neto, o alvo dos criminosos era a agência do Banco do Brasil, que foi explodida pela quadrilha, mas outras duas agências ficaram danificadas por causa dos tiros e estilhaços da explosão. A polícia recuperou R$ 1,6 milhão que estavam em malotes e foram devolvidos aos bancos. Além disso, os criminosos perderam carros blindados e armas. Polícia localiza moto usada por criminosos na fuga após ataque a bancos em Botucatu Polícia Civil/Divulgação Na tarde desta sexta-feira (31), a polícia localizou uma moto que foi utilizada na fuga por um dos criminosos. A motocicleta tem placa de Botucatu e foi roubada na noite dos ataques, segundo boletim de ocorrência registrado pela vítima. Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília Initial plugin text

  • Mortes confirmadas por Covid-19 no centro-oeste paulista neste domingo, 2 de agosto

    Bauru e Jaú registraram mais duas mortes cada; região contabiliza 422 óbitos em 66 cidades. Cidades do centro-oeste paulista registraram novas mortes por Covid-19 neste domingo (2). A região contabiliza 422 óbitos em 66 cidades. Confira as atualizações: Confira os números da pandemia de Covid-19 nas regiões Bauru Prefeitura de Bauru registra duas novas mortes por coronavírus Prefeitura de Bauru/Divulgação A prefeitura de Bauru (SP) divulgou, por meio do Departamento de Saúde Coletiva, mais duas mortes por coronavírus na cidade neste domingo (2). Ao todo, o município tem 77 óbitos pela Covid-19. Segundo a prefeitura, a primeira vítima é um homem de 65 anos, que apresentou início dos sintomas em 28 de junho e testou positivo para coronavírus no dia 7 de julho. Ele estava internado em um hospital público da cidade e morreu neste sábado (1º). A prefeitura informou que ele não tinha outras doenças. Já o segundo paciente é uma idosa de 104 anos. Ela teve sintomas no dia 23 de julho e testou positivo para Covid-19 no dia 29. Segundo a prefeitura, a idosa estava internada em um hospital particular e tinha doença neurológica crônica. Ela morreu neste sábado (1º). Até este domingo, a cidade contabiliza 4.064 casos confirmados da doença, sendo 77 óbitos. Jaú Prefeitura de Jaú registra mais duas novas mortes pela Covid-19 Prefeitura de Jaú/Divulgação A prefeitura de Jaú (SP) divulgou neste domingo (2) mais duas mortes por coronavírus na cidade. Não foram divulgados detalhes dos pacientes que morreram. A cidade tem 1055 casos confirmados de coronavírus, com 633 curados. Ao todo, o município contabiliza 28 óbitos pela doença. Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília

  • Homem é preso ao ser flagrado regando pés de maconha em Júlio Mesquita

    Polícia apreendeu oito pés de maconha, além de porções da droga, armas e munições. Outros dois suspeitos também detidos. Polícia prende homem por tráfico após flagrá-lo regando pés de maconha em Júlio Mesquita Polícia Militar/Divulgação Um homem foi preso por tráfico e cultivo de drogas depois de ser flagrado regando pés de maconha em Júlio Mesquita (SP), no sábado (1º). Segundo a Polícia Militar, ele foi abordado pela equipe ao regar os pés em um terreno ao lado da casa onde mora. Polícia apreendeu oito pés de maconha, além de porções da droga, armas e munições em Júlio Mesquita Polícia Militar/Divulgação No terreno, os policiais encontraram oito pés de maconha. Já em revista no imóvel do suspeito, os policiais encontraram porções de maconha, celulares, dinheiro, 27 pinos de cocaína, um revólver e uma pistola de pressão, além de munições. Ele e um outro suspeito, dono das armas, foram presos e levados para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Marília. A polícia informou que a esposa de um dos suspeitos também foi presa, por desacato, depois de tentar pegar um celular onde estariam as informações sobre o tráfico e por agredir um dos PMs. Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília

LEGISLAÇÃO